Semtas abre novas inscrições para o PETI


Semtas abre novas inscrições para o PETI

 O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), desenvolvido pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), está com inscrições abertas para novos beneficiados. Para que a criança ou o adolescente seja incluído no programa, o responsável deve procurar um dos dez núcleos do programa para realizar a matrícula, que acontece até o dia 11 de março.

“Basta o responsável comparecer ao núcleo com a documentação de identificação da criança e realizar os procedimentos necessários. Essa é a chamada 'inscrição espontânea da família'. O usuário preenche um requerimento de inscrição que discrimina a situação da criança ou adolescente a ser beneficiado”, explica a coordenadora do programa, Luciana Custódio. As atividades do PETI terão início no dia 14 de março.

No final de 2010, o Programa passou por mudanças em sua tipificação, agora obedecendo às novas regras instituídas pelo Governo Federal. De acordo com a coordenadora, a nova tipificação inclui o PETI como parte do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. Assim, a orientação pedagógica oferecida aos usuários busca criar um interação maior entre as famílias atendidas na comunidade.

“Com essa nova tipificação, o campo de trabalho é ampliado, não apenas por dar prioridade na prevenção das situações de risco social, mas também por começar a atender crianças a partir de seis anos de idade, pois anteriormente o atendimento era a partir dos sete anos. Além disso, o programa também passou a atender a outros usuários que não foram, necessariamente, vítimas do trabalho infantil”, ressalta Luciana Custódio.

 MAIS SOBRE O PETI

O PETI é uma das formas de combate ao problema do trabalho infantil no Brasil. Nele, os pais recebem benefício de até R$ 200 através do Bolsa Família para que as crianças e adolescentes em situação de risco participem de ações educativas. O programa tem como objetivo combater e erradicar todas as formas de trabalho perigosas, insalubres e degradantes, viabilizando o retorno à escola das crianças e adolescentes com idade de 6 a 16 anos incompletos. Desta forma, o vínculo familiar é fortalecido através de orientações às famílias durante todo o período em que a criança/adolescente frequenta o Programa. O PETI em Natal atende a 1.600 pessoas de 6 a 15 anos e meio.

 
Núcleos do PETI:
 
·         Praia do Meio – Av. 25 de dezembro, 938 (Próximo ao Hotel do Reis Magos) – 3232-9077
·         Cidade Nova – Travessa Getúlio Vargas s/n - 3232-4781
·         Cidade da Esperança – Av. Paraíba, 81 (próximo ao CDCE) – 3232-4780
·         Beira Rio – Rua Dr. Antônio de Souza, 218 B, Igapó – 3232-6292
·         Alto da Torre – Rua Dr. Augusto Césino Monteiro Medeiros, 579 - Lot. Mar Del Plata, Potengi – 3232-8202
·         Marinha - Rua Marcílio Dias, s/n, Quintas – Fuzileiros Navais – 3216-3414
·         Dom Bosco – Av. Guaratinguetá, 715, Gramoré (próximo a Igreja Católica do Gramoré) – 4008-1823
·         CIAVV/Santarém – Av. Votuporanga, 1129, Santarém – 3661-7730
·         TRANSPETRO – Rua Otoniel Menezes, 30, Santos Reis – 3216-9219
Anterior:
Próximo:

Logo da Prefeitura de Natal
R. Ulisses Caldas, 81 - Cidade Alta, Natal - RN, 59025-090 - Ouvidoria Geral (84)3232-6389