STTU diz que não se deve fazer uso político da Tarifa


STTU diz que não se deve fazer uso político da Tarifa

O secretário de Transporte e Trânsito Urbano de Natal, Kelps Lima, considerou irresponsável o boato sobre aumento de passagens de ônibus que motivou uma caminhada de estudantes na manhã de quarta-feira, 13 de maio, por algumas ruas da cidade. Os estudantes foram recebidos na Prefeitura pelo secretário da STTU e pelo chefe da Casa Civil, Luciano Barbosa.

O Secretário Kelps Lima e a Prefeitura do Natal foram surpreendidos com a manifestação dos estudantes que vieram, inclusive, sem pauta pré-determinada e sem sequer saberem o teor do Termo de Ajustamento de Conduta que define prazos e condições para o aumento de tarifas. O último aumento de ônibus ocorreu há um ano e o próximo será discutido no dia 6 de junho pela Prefeitura, pelos estudantes, trabalhadores e pelos sindicatos que operam o sistema de transportes da capital, Seturn e Sitoparn.

Eles nem sequer leram o TAC, ficou claro que o movimento parece mais ser uma questão política, comentou Kelps Lima, após receber a comissão de estudantes e agendar para o próximo dia 20 de maio, quarta-feira, uma nova reunião no gabinete da STTU.

Segundo Kelps, o reajuste das passagens é um tema que ainda não está em pauta dentro da STTU porque existe o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) o qual a Prefeitura não pode desrespeitar.

Segundo ele, o TAC foi firmado no dia 4 de setembro de 2007 entre o poder público, os concessionários dos serviços, Conselho de Usuários e o Ministério Público Estadual. Cabe a Prefeitura do Natal obedecer e a prefeita Micarla de Sousa não fará - em nenhuma circunstância - a desobediência à ordem , frisou Kelps.

Kelps explicou que o assunto do aumento das passagens de ônibus ainda vai ser amplamente debatido e que fazer protesto político contra a gestão do sistema de transportes neste momento não tem outra consequencia que não seja atrapalhar o trânsito da cidade e prejudicar o ir e vir das pessoas que andam de ônibus.

A reunião contou com a participação, além dos titulares da STTU e Gabinete Civil, dos estudantes Jaquiele Ferreira e Armênio Brito, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN), Renan Garcia, da União Metropolitana dos Estudantes Secundaristas (Umes), Cláudio Wagner, da Universidade Estadual do RN (Uern), Roberto Linhares, do Sindicato dos Servidores de Natal (Sinsenat) e Ângelo Giroto (CUT).

Anterior:
Próximo:

Logo da Prefeitura de Natal
R. Ulisses Caldas, 81 - Cidade Alta, Natal - RN, 59025-090 - Ouvidoria Geral (84)3232-6389