SMS reúne profissionais da saúde para esclarecimentos da H1N1


 SMS reúne profissionais da saúde para esclarecimentos da H1N1

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) reuniu na tarde desta quarta-feira ( 17/12), médicos, enfermeiros, diretores de unidades de saúde e gerentes de distritos para fazer alguns esclarecimentos quanto ao atendimento de pacientes com suspeita de Influenza A. Na ocasião, o médico infectologista e Consultor da SMS, Luiz Alberto Marinho, fez algumas considerações e tirou dúvidas dos profissionais presentes.

Uma das recomendações é a atenção especial para crianças com menos de 2 anos, visto que em outros países, como os Estados Unidos, houve um aumento no número de óbitos nesse grupo.

Dr. Luiz Alberto também fez questão de orientar os profissionais quanto aos riscos e principalmente quanto ao uso do medicamento Tamiflu e tranqüilizou os presentes quanto ao modo grave da doença, uma vez que, 90% das pessoas que têm H1N1 não necessitam de internação, sendo assim, não possuem complicações.

A reunião com os profissionais serviu para capacitar as pessoas diretamente envolvidas no atendimento da Influenza A. “ Precisamos diminuir as diferenças e unificar os nossos conhecimentos”, disse Luiz Alberto Marinho.

A Secretária Ana Tania Lopes Sampaio, abriu a reunião lembrando que os meses de Dezembro e Janeiro, são meses que normalmente acontecem aumento de viroses. E ainda disse que apesar do aumento dos casos suspeitos de Gripe A, houve uma diminuição no número de óbitos: “ isso significa que estamos trabalhando certo, as medidas estão sendo eficazes”, disse a secretária.

Na reunião também foram esclarecidos os pontos de atendimento para quem estiver com sintomas gripais.

A Secretaria de Saúde de Natal também esclarece a população com Nota Oficial:

NOTA DE ESCLARECIMENTO A POPULAÇÃO

FLUXO DE ATENDIMENTO DA INFLUENZA A (H1N1)

Considerando a atual situação epidemiológica da Influenza A (H1N1) no Brasil, Rio Grande do Norte e no Município do Natal, desencadeada pela circulação do vírus A (H1N1) recomenda-se que:

O usuário que apresentar síndrome gripal (febre, tosse, dor de garganta, do de cabeça, dor no corpo), deve procurar seu médico pessoal (da rede privada ou convênio), a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua casa ou as policlínicas distritais;

NORTE: Policlínica Zona Norte

SUL: Policlínica de Neópolis

LESTE: Policlínica Zeca Passos-Ribeira

OESTE: Policlínica Cidade da Esperança

O usuário com doença respiratória aguda caracterizada por febre superior a 38ºC, tosse, dispnéia (falta de ar) e dor no peito, acompanhada ou não de manifestações gastrointestinais deve procurar os Serviços de atendimento 24 horas mais próximo da sua casa ou Centros de referência para Influenza A (H1N1).

Unidades de Referência para Influenza A (H1N1) em Natal:

MUNICIPAL

o Adulto: Hospital dos Pescadores

R. São João, 80, Rocas

o Infantil: Centro de Referência Sandra Celeste

R. Jaguarari, 2574, Lagoa Nova

ESTADUAL

o É possível que seu navegador não suporte a exibição desta imagem.Hospital Giselda Trigueiro

R. Cônego Monte, 110, Quintas

Secretaria Municipal de Saúde do Natal

Anterior:
Próximo:

Logo da Prefeitura de Natal
R. Ulisses Caldas, 81 - Cidade Alta, Natal - RN, 59025-090 - Ouvidoria Geral (84)3232-6389