{literal}
Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

30/07/2020 10:26
  • 15º Boletim Covid-19 de Natal confirma desaceleração na curva de casos e óbitos

Toda semana, a Prefeitura de Natal, através do Departamento de Vigilância em Saúde de Natal (DVS), da Secretaria de Saúde de Natal (SMS-Natal) divulga seu boletim Epidemiológico da Covid-19, no site https://coronavirus.natal.rn.gov.br/ mostrando o comportamento do vírus em Natal. De acordo com o 15º Boletim Epidemiológico (até o dia 27/07/2020) foram notificados 86.032 casos de Covid-19, sendo destes 35.973 suspeitos, 19.954 confirmados e 30.105 descartados e 736 óbitos.


Segundo o monitoramento, 79,4% dos casos confirmados com Covid-19 estão recuperados, 15,9% estão em isolamento domiciliar, 1% estão hospitalizados e 3,7% faleceram. Os registros constatam, ainda, uma desaceleração na curva de suspeitos e confirmados, além de óbitos. Para se ter uma ideia, de junho para julho (até o dia 27) já aponta uma queda de 49,87%. 

“ As regiões de Natal que apresentam os maiores números de óbitos são a Norte e a Oeste, são áreas possuem uma grande dimensão populacional. Com os Centros, expandimos os serviços de saúde na atenção básica e tratamos a doença no início dos sintomas. Esse trabalho tem dado certo. Estamos próximo a completar um mês de funcionamento do Centro na zona Norte, e com base nos boletins, já podemos comemorar uma queda no número de óbitos”, afirma George Antunes, Secretário de Saúde de Natal.

 

O secretário lembra ainda que as regiões Leste e Sul apresentam os maiores números de.casos notificados, porém essa região procura mais frequentemente os serviços de saúde. O levantamento aponta que a proporção dessas mortes por Covid-19 revela que a população mais idosa ainda é a mais atingida, com 73,9%, e o boletim indica também que 50,4% dos casos confirmados em pessoas com comorbidades são cardiopatas. 

 

A proporção de ocupação dos leitos na atenção especializada, mostra uma queda no número de internação nessas unidades. Indica, ainda, que 79,79% dos idosos residentes de instituições de longa permanência em Natal estão assintomáticos, 17,23% confirmados com Covid-19 e 2,98% evoluíram para óbito. Com referência aos testes de detecção, a técnica de RT-PCR ainda é a mais usada, com 57,2% dos testes para diagnóstico, e 42,8% de teste rápido. 

 

Os casos confirmados da Covid-19 em Natal, nas últimas duas semanas, de 12/07/20 a 25/07/20, revelam áreas com concentração de casos em todas as regiões do município. A região com maior número de casos aglomerados foi o Distrito Sanitário Oeste, principalmente nos bairros Nossa Senhora de Nazaré e Dix-Sept Rosado. Na zona Norte, há uma grande área com transmissão sustentada que afeta principalmente os bairros de Igapó, Lagoa Azul, Nossa Senhora da Apresentação, Pajuçara e Potengi. Já no Distrito Leste, aparece com maior número Lagoa Seca, e no Sul, Neópolis. 

 

Os boletins epidemiológicos norteiam as ações da Prefeitura do Natal, com base nesses e outros dados. A SMS Natal vem estruturando sua rede na atenção básica. Além das 10 Unidades Básicas de Saúde com horário estendido com salas de priorização ao atendimento Covid-19, a capital abriu dois Centros de Atendimento para Enfrentamento a Covid-19: um na zona Norte e outro na zona Oeste. “Essas áreas possuem uma grande dimensão populacional. Com os Centros, expandimos os serviços de saúde na atenção básica e tratamos a doença no início dos sintomas. Esse trabalho tem dado certo. Desde que iniciamos, não temos mais superlotação nas UPAs de Natal”, comenta George Antunes.



  • Notícias relacionadas




Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  

SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css