Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

09/08/2019 12:07
  • ‘Aprendendo Mais’ será lançado na próxima segunda no Cemure

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Educação (SME), lançará na próxima segunda-feira (12), seu novo programa de alfabetização – Aprendendo Mais – que visa combater o analfabetismo na capital potiguar. Atualmente, o analfabetismo atinge 7,87% da população natalense, representando quase 50 mil pessoas. A solenidade, prevista para iniciar às 9h, no Centro Municipal de Referência em Educação (Cemure), apresentará a metodologia e execução, assim como a estrutura organizacional e distribuição das turmas nas quatro regiões da cidade.

 

Com suporte da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o novo programa da rede municipal de ensino tem o objetivo de alfabetizar jovens, adultos e idosos na perspectiva da pedagogia freireana, adotando uma metodologia atualizada, de modo a atingir um universo maior de natalenses fora da faixa escolar e incentivando a permanência e continuidade da formação escolar na modalidade EJA, através da qualificação e/ou requalificação profissional e encaminhamento ao mercado de trabalho.

 

O prefeito Álvaro Dias ressalta que o projeto vai incluir pessoas que não tiveram acesso à alfabetização no tempo certo, estão fora da faixa escolar e também não participam das turmas da EJA. “Através da perspectiva freireana, iremos ampliar o desenvolvimento pessoal, social e intelectual das pessoas, bem como valorizar seus conhecimentos e suas experiências ao longo da vida”.

 

Segundo a secretária de Educação de Natal, professora Cristina Diniz, além de alfabetizar, o Aprendendo Mais pretende qualificar essas pessoas para que possam aperfeiçoar suas atuações no mercado de trabalho, despertando para o empreendedorismo profissional, com capacitações realizadas pela Semtas e outras instituições. “Muitos têm pequenos negócios, mas não têm conhecimentos específicos para otimizar suas microempresas e, com esse programa, poderão ser qualificados ou requalificados. Além disso, a UFRN vai capacitar nossas equipes e fazer um projeto de pesquisa, o que é muito positivo”, observa.

 

APRENDENDO MAIS

 

O “Aprendendo Mais” selecionou 30 alfabetizadores e seis coordenadores para atuarem nos seis polos (dois na zona Norte, dois na zona Oeste, um na zona Sul e um na zona Leste). O programa deve alfabetizar 750 pessoas acima dos 15 anos de idade, com turmas de até 25 alunos com aulas no turno noturno – das 19h às 21h30 – pelo período de cinco meses. Mais detalhes serão divulgados no lançamento.

 

MÉTODO PAULO FREIRE

 

A educação é um ato político, que pode contribuir para a transformação social e a libertação dos oprimidos (Freire, 1981). Foi com essa perspectiva que o educador Paulo Freire acreditava que a alfabetização poderia ser um instrumento para liberar os oprimidos da condição de pobreza e inferioridade que viviam. A pedagogia freiriana, que visava o enfrentamento do analfabetismo da população em nosso país, nos anos 1960, deixou sua marca.

 

No seu programa de alfabetização ou na sua pedagogia, valorizava as palavras do mundo vocabular dos grupos populares, o lugar do ser humano no mundo e seu diálogo com o outro, o valor social do seu trabalho e sua capacidade de transformar a natureza e transformar-se. Além disso, formulou conceitos de conscientização, educação libertadora, cultura popular, círculo de cultura e pedagogia do oprimido.


Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  
SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css