Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

11/03/2019 14:45
  • Artesanato: Ações da Prefeitura beneficiam mais de 800 famílias em Natal

O Artesanato salvou a minha vida”. Esta afirmação foi feita pela artesã Eliana Andrade, 64 anos, dos quais 12 foram dedicados ao artesanato. Oficio que ela cita, com aparente orgulho, ter desenvolvido e aprimorado, após começar a trabalhar na loja Natal Original, em Mirassol, mantida pela Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (SEMTAS).

 

Comecei no Clube das mães, nas Rocas, onde moro. Mas, após 37 anos de casada perdi meu marido, meu amor e melhor amigo. Fiquei sem chão. Pensei em desistir, mas com o apoio de todos que trabalham aqui na loja, consegui me reerguer. Mais do que um trabalho, encontrei uma família. Somos solidários, nos apoiamos. Quando por algum motivo um dos artesãos não pode comparecer, nós vendemos as peças dele, registramos e entregamos o resultado depois. Amo minha família, mas é aqui que eu me realizo como pessoa”, revela a artesã.

 

Além de 06 Empreendimentos Solidários, atualmente, a loja Natal Original coordenada pela diretora do Departamento de Artesanato da SEMTAS, Lêda Medeiros, comporta 44 artesãos que se revezam, de segunda a sábado, das 08h às 17h. Os trabalhos são expostos sem nenhum ônus para o artesão. No espaço, estão disponíveis para a comercialização trabalhos em cerâmica utilitária e decorativa, renda, bordados, esculturas em papel, madeira, crochê, pedraria e mosaico, trabalhos com tecido ou materiais recicláveis. “Com esta crise que o país está passando muitos não têm como expor seus produtos ou participar das feiras que acontecem em nosso estado e até mesmo fora daqui. A Prefeitura banca tudo, translado, almoço, lanches, não gastamos com nada. Expomos nossos produtos em eventos como a FIART, Brasil Mostra Brasil, por exemplo, para milhares de pessoas. Sem esse apoio, como tudo isso seria possível? Tenho muito orgulho em fazer parte disso. Comecei aos 22 e quero chegar aos 90 anos fazendo isso”, revela Sônia Maria do Rosário, 45, moradora do Pajuçara.

 

Investimento

 

A Prefeitura do Natal investe cada vez mais na qualificação e na valorização do artesão potiguar. Em 2018, além de priorizar o artesanato do município do Natal e Região Metropolitana, o Projeto Natal Original: Artes & Ofícios selecionou, por meio de chamada pública, produtos artesanais oferecendo infraestrutura para exposição e comercialização na loja Natal Original. “Este projeto idealizadoe concretizado pela Prefeitura, além de resgatar a dignidade do artesão através de um conjunto de ações sociais, incentiva o empreendedorismo local promovendo a integração do artesão com toda a sociedade, valorizando o artesanato potiguar e elevando estaeconomia criativa ao patamar que ela merece: de destaque e reconhecimento, diz a secretária adjunta da SEMTAS, Maria José de Medeiros.

 

Dados do Departamento de Informação, Monitoramento e Avaliação de Políticas Sociais (DIMAPS) revelam que, de janeiro 2018 a janeiro de 2019, um total de 836 famílias foram beneficiadas com atividades realizadas na loja Natal Original, desde a participação em Feiras até palestras e/ou oficinas realizadas junto aos artesãos individuais. Quando os registros das atividades e ações desenvolvidas são referentes aos Empreendimentos de Economia Solidária, neste mesmo período, são cerca de 03 mil famílias beneficiadas. Resultando em 15 mil pessoas beneficiadas indiretamente.

 

A artesã Juvina Feitosa de Souza, 81 anos, moradora de Nova Descoberta, enche os olhos de lágrimas quando fala dos seus trabalhos. “O amor pelo artesanato tenho desde sempre. É um dom. Tenho trabalhos em bordado, pintura em tecido, decoração em tela. Comecei há 22 anos e desde então, não parei. Meus filhos me perguntam porque insisto em trabalhar, querem que eu descanse. Até já tentei. Todos os anos digo que é o último, mas não tem jeito. Sempre que entro aqui a paixão pelo artesanato toma conta de mim. E, como nãopoderia? Às vezes, quando a tristeza quer chegar, o trabalho não deixa. Me coloca de pé e começo tudo de novo. O artesanato me resgatou”, diz.

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

 


Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  
SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css