Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

02/08/2017 12:16
  • Secretaria de Esporte inicia planejamento do I Torneio do Paradesporto de Natal
Divulgação SEL

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEL) iniciou na última semana o planejamento para realização do I Torneio do Paradesporto de Natal. Membros de cinco entidades que realizam atividades com paratletas se reuniram com a Secretária Danielle Mafra para pensar nas modalidades e estratégias do torneio, uma iniciativa inédita na capital potiguar. O campeonato tem previsão de ser realizado no último trimestre de 2017 no Palácio dos Esportes Djalma Maranhão e seu projeto é de autoria da vereadora Júlia Arruda com realização da SEL.

Além de pensar no torneio paradesportivo, foi estabelecido também a criação de um censo para ampliar a oferta de apoio às instituições, com cadastro de entidades e modalidades. “Fortalecendo esse vínculo vai ser possível que a gente pense em capacitações, eventos e possa incluir datas em nosso calendário esportivo”, comenta a Secretária de Esporte e Lazer, Danielle Mafra.

O primeiro torneio está sendo pensado com modalidades de quadra e um passeio ciclístico de percurso adaptado. Entre os esportes pré-selecionados estão a bocha, goalball, judô de cegos, para-taekwondo, trincas de basquete, halterofilismo e tênis de mesa e de quadra, todos com participação de pelo menos quatro equipes formadas por atletas que já integram as instituições.

Ainda durante o evento, serão realizados fóruns de capacitação e oficinas de experimentação das modalidades, de forma aberta e gratuita, para que desperte no público e também em profissionais de educação física a importância de entender mais sobre a realidade dos paratletas. “Vamos ensinar a ensinar, respeitar e entender que ali também é um esporte como os outros”, afirma Danielle Mafra.

O representante da Associação de Surdos de Natal (ASNAT), Marcelo Batista, indica que está sentindo-se acolhido pelo esporte. “Isso é muito importante, antes a gente não conhecia quase nenhum projeto e nem deficiente auditivo tinha tanta abertura. Vocês da SEL estão conhecendo a importância e o papel do esporte”, disse em libras com interpretação de Marília Rodrigues, que representou o Centro Universitário do Rio Grande do Norte (UNI-RN).

Para o paratleta Valdemar Tavares, do Clube de Basquete Paraolímpico do Rio Grande do Norte - Os Tigres (CBP RN), é gratificante a SEL fomentar o paradesporto. “Isso é perfeito e de extrema importância. Oportunizar o esporte às pessoas com deficiência é algo incrível. Parabéns”.

As entidades Sociedade Amigos do Deficiente Físico (SADEF) e Associação Paradesportiva do Rio Grande do Norte (APARN) também estiveram presentes na reunião. O próximo passo é reunir mais instituições e definir a arbitragem do torneio em reuniões futuras, bem como buscar parcerias no setor público e privado.
 


Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  
SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css