Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

16/05/2017 15:41
  • Agentes mirins ambientais participam das celebrações do Dia 18 de Maio
Divulgação

Os alunos do projeto Agente Mirim Ambiental de Natal (Amana) vão participar das atividades do Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que é comemorado na próxima quinta-feira (18). Para isso os técnicos do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) tiveram nessa segunda-feira (15) uma manhã de conversa instruindo as crianças do Amana sobre a importância do tema, além de planejar intervenções de conscientização social que serão operadas diretamente pelos alunos.

As ações planejadas vão ser orientadas pelos agentes da Guarda Municipal do Natal (GMN) que atuam na coordenação e na operação do Amana, que é um projeto de segurança preventiva criado pela Prefeitura do Natal e acompanhado pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes). O plano é acionar as atividades em dois pontos de blitzen de conscientização no bairro de Cidade Nova, zona Oeste da capital. Sendo um na Avenida Solange Nunes, em frente à Escola Municipal Marize Paiva, e o segundo no estacionamento do Parque da Cidade do Natal, mais precisamente no lado Oeste da unidade de conservação ambiental.

Os alunos do Amana vão atuar abordando pedestres e automóveis informando sobre a necessidade de combate ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Para isso serão distribuídos folders explicativos com dicas para identificar o crime. Cartazes serão expostos nos locais e o número 100, utilizado para realização de denúncias sobre esse tipo de delito, será amplamente divulgado. “Nosso objetivo é mobilizar a sociedade e convocá-la para o engajamento contra a violação dos direitos sexuais de crianças e adolescentes”, informou o coordenador do Amana, Marconi Lucas.

18 de Maio

O Dia 18 de maio é uma conquista que demarca a luta pelos direitos humanos de crianças e adolescentes no território brasileiro. A data foi escolhida porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o "Caso Araceli". Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

A proposta do "18 de Maio" é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes.


 


Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  
SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css