Biblioteca Virtual do Natal
Registro Bibliográfico: 1123
Tipo de Material: Tese
Área Temática: Políticas Públicas
Título: Tornar-se professor formador pela experiência formadora : vivências e escritas de si
Autor Principal: Maria de Fátima Pinheiro Carrilho
Local de Publicação: Natal, RN
Ano de Publicação: 2007
Volume / Paginação: 281 f.
Instituição: UFRN
Assuntos Relacionados: Formação de professores - Tese, Saberes docentes - Tese, Trajetória de Formação Profissional - Tese, Escrita Autobiográfica - Tese
Notas Gerais: Orientadora: Maria da Conceição Ferrer Botelho Sgadari Passegi
Notas de Resumo: A tese toma como objeto de estudo a trajetória de formação um grupo de professores formadores, que contam como se tornaram orientadores de memoriais de formação (trabalho final do Curso Normal Superior - IFESP/RN). Do ponto de vista teórico-metodológico, adotamos a abordagem qualitativa e a perspectiva etnometodológica. O objetivo central é descrever como os participantes concebem o caminho percorrido e a sua situação de formação. Participaram da pesquisa 32 professores formadores, correspondendo a 78% do quadro docente da instituição. As fontes da pesquisa compreendem oito histórias de vida, 32 fichas de contextualização dos participantes, documentos oficiais, entrevistas com consultoras do projeto de implantação do IFESP. A análise das falas dos participantes revela que para a maioria dos formadores a função de orientador dos memoriais exige além do aprofundmento dos saberes docentes adquiridos, outros saberes inclusive sensibilidade e intuição. Os resultados põem em evidência que a formação do professor formador percorre, simultaneamente, dois caminhos: o primeiro é o da experiência vivenciada com seus orientandos e colegas na prática cotidiana, a qual vai se aprimorando ao longo dos anos; o segundo é caminho de retorno à universidade, onde o professor formador dará continuidade aos seus estudos pós-graduados. Assim, admitem que o saber ser orientador se faz no cruzamento dessas duas ordens de saberes no exercício da orientação dos memoriais, com repercussões positivas para a constituição de sua nova identidade como professor formador. Concluimos que em sua trajetória, os professores formadores articulam o campo da experiência prática e o campo teórico-metodológico, mas essa articulação implica um novo vínculo com a sua própria humanidade, o que lhes permite dar um novo sentido às aprendizagens, habilidades para apoiar o aluno na descoberta de si mesmo e, nesse processo, descobrirem, o que constitui a sua identidade de professores formadores e orientadores
Download: Texto completo - BVN Clique aqui
Titulação: Doutora em Educação
Banca: Orientadora: Maria da Conceição Ferrer Botelho Sgadari Passegi
Banca: Sandra Maia Farias Vasconcelos
Banca: Laêda Bezerra Machado
Banca: Maria do Rosário de Fátima de Carvalho
Banca: Érika dos Reis Gusmão de Andrade

SEMPLA - Secretaria Municipal de Planejamento
Rua Dr. Ewerton Dantas Cortez, 1432, Tirol. CEP: 59020-620
E-mail: sempla@natal.rn.gov.br - Telefone: (84) 3232-4906